Câmara realiza atividade alusiva ao Novembro Azul

 Câmara realiza atividade alusiva ao Novembro Azul

A Câmara realizou na manhã desta quinta-feira (25) atividade alusiva ao “Novembro Azul” – mês consagrado mundialmente à implementação de campanhas de combate ao câncer de próstata.
O presidente Pepo Lepinsk, vestido de azul como os demais vereadores e servidores da Câmara, abriu a atividade salientando que o câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens, depois do câncer de pele. A enfermidade causa de morte de quase 30% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. “Morre um homem a cada 40 minutos no Brasil em decorrência do câncer de próstata, segundo os estudos mais atualizados”, reforçou.
“Por isso – prosseguiu – esta Casa de Leis não poderia ficar de fora de aderir uma campanha tão importante para a saúde do homem — e peço a cada um de vocês que leve informações sobre a importância da realização dos exames de prevenção para seus pais, irmãos e amigos”.
Em 2017 a Câmara de Vereadores instituiu o “Novembro Azul” no município, a exemplo do que milhares de cidades fizeram em todo o mundo. A autora da lei, vereadora Silene Carvalini, também esteve presente ao encontro desta manhã. “Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando os sintomas começam a surgir, 95% dos tumores já se encontram em fase avançada”.
Enfermeira profissional, Silene ressaltou que homens a partir dos 45 anos com fatores de risco (ou seja, com histórico familiar, da raça negra ou com obesidade) ou com 50 anos sem esses fatores devem ir ao urologista para realização dos exames. “E ir o quanto antes”, frisou.
O vereador Leandro Pinto observou que os homens passam por consultas médicas em menor número do que as mulheres — “e por isso também vivem bem menos”. O legislador afirmou que é preciso quebrar as barreiras que ainda cercam o exame preventivo e cuidar da saúde.

Raphaela Vitiello

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.