Elas são o que querem ser: Claudete Schimainski Holtz Santos

 Elas são o que querem ser: Claudete Schimainski Holtz Santos

Na edição de março da Revista Imediata foram convidadas MULHERES empreendedoras e empoderadas, para contarem suas respectivas histórias, desde dificuldades enfrentadas ao longo da carreira, até pontos positivos, então, Claudete Schimainski conta um pouco de sua trajetória.

CLAUDETE SCHIMAINSKI HOLTZ SANTOS, 44 anos, nasceu em Toledo, no Paraná, é empresária da SHS Modas – Comércio de Roupas e Acessórios Femininos.

É ela quem conta sua própria história… Como contadora formada, especialista em gestão pública, construí carreira em Controladoria, até que a minha vida mudou, me casei e, por conta das constantes mudanças do país, fui desafiada a abandonar a minha profissão, o que não foi nada fácil e me causou muito sofrimento.

Em 2017, ao retornar ao Brasil, nos apaixonamos por Indaiatuba e decidimos que aqui seria nosso porto seguro. Avaliei minhas chances de voltar à área contábil, mas optei por iniciar algo novo, hoje minha paixão: A SHS Modas, meu orgulho, que me faz ser grata todos os dias pelas mulheres lindas que conheço e suas histórias inspiradoras, grata pelas amizades verdadeiras que conquistei e pelas oportunidades que a loja me proporciona. Aquela inquietude passou e hoje me sinto pronta para qualquer desafio, tanto que como estudante de Nutrição estou realizando um novo sonho.

O processo de mudança é sempre transformador. Assim, lidar com a beleza e a autoestima feminina me fez conhecer mais a fundo um outro lado do ser humano e automaticamente me redescobrir num novo empreendimento. No dia a dia isso me motiva a buscar peças que possam vestir bem com todo conforto, para todos os momentos, sem abrir mão da tendência, com qualidade e menor custo. Enfim, o trabalho me faz sentir feliz e adaptada, além de entender que a experiência profissional bem vivida pode ser utilizada em qualquer área.

A SHS Modas é o espaço certo para mulheres que gostam de se vestir com charme e personalidade. Com atendimento acolhedor, eu não me vejo apenas como uma comerciante de roupas, eu me vejo como uma mulher que compartilha experiências. Sou aquela que diz: – Olha, se você está insatisfeita, infeliz e querendo algo novo, não desista! Tenha coragem de mudar, nem que seja aos poucos, comece por aquilo que você veste, inclua sua autoestima no seu cardápio de realizações e busque o caminho que lhe pareça mais certo. E o mais importante: Volte a ter paixão pela sua própria vida.

O que a levou a ter um negócio próprio?
Além da minha realização profissional, meu fascínio pela moda e pela beleza única de cada mulher.

O mercado da moda no Brasil já passou por muitas crises. Como você tem feito para driblar esses desafios?
Oferecendo peças diferenciadas com qualidade de alta moda, produtos exclusivos e com preço justo, além de um atendimento diferenciado onde a cliente se sente e é acolhida.

Em uma palavra, o que é sucesso? CORAGEM

Raphaela Vitiello

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.