Falando de sexo: orgasmo feminino

 Falando de sexo: orgasmo feminino

Por Latyfa Guintter
De acordo com uma pesquisa realizada no Brasil, pelo Instituto do Bem Estar, um terço das mulheres brasileiras nunca atingiu o orgasmo por penetração nem por auto-estimulação. Importante considerar que, pelo fato de desconhecer o sentido, nem todas elas valorizam esse prazer e para algumas, nem mesmo o sexo é prioritário em suas vidas. Ainda que o orgasmo feminino seja um momento de intenso prazer, é possível também que a mulher se sinta satisfeita na sua ausência.

O mito das preliminares
Os especialistas contemporâneos chegaram à conclusão que o problema não está apenas em dedicar mais ou menos tempo à fase preparatória antes do sexo, mas a COMUNICAÇÃO. O diálogo sexual explica ao parceiro o que fazer e como fazer, que ritmo utilizar e em qual parte do corpo, com que ferramenta, seja ela dedo, língua ou brinquedinhos sexuais. O diálogo sexual inclusive pode ser bem divertido e transformar a relação num processo muito mais íntimo e prazeroso.

A falta de desejo
O NHS – Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido – explica que diferente dos homens, a falta de desejo sexual pode afetar as mulheres em diferentes fases de suas vidas. Por exemplo, durante a gravidez, após o parto, em situações de estresse, fadiga emocional, além da menopausa. Sem contar a depressão, os traumas psicológicos, o uso de certos medicamentos, e os distúrbios hormonais advindos desses problemas, que também podem ter um impacto relativamente grande na hora do sexo, portanto, atingir o orgasmo fica praticamente impossível.

Dor no ato
Existem alguns fatores físicos que podem levar uma mulher a sentir dor na penetração, mas que são facilmente tratáveis por um ginecologista. Também pode acontecer uma associação com algo que tenha gerado um trauma no passado, o que também pode ser tratado com terapia. Porém, nada disso pode caracterizar motivo para que uma mulher não se permita sentir orgasmo. A ordem é: Tratar e sentir.

A autocobrança
Relaxar e gozar não se trata apenas de uma expressão sacana. Os especialistas dizem que quando há uma cobrança de orgasmo fica muito mais difícil senti-lo. O sexo deve ser leve, divertido, um momento em que ambos estejam entregues e a fim. O que fazer, onde e qual posição testar é um dos caminhos para se relaxar e focar apenas no sentir.

Problemas no relacionamento
Nesse caso, não tem jeito. Dificilmente uma mulher vai dissociar sexo de problemas na relação, o que para um homem é muito comum. Sexo para os homens funciona de outra forma, é físico. Para a grande maioria das mulheres é emocional. Se esse for o caso, ou se resolve os problemas e depois se faz as pazes no sexo, ou muda de parceiro.

Até a próxima…

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.