FANTASIAS ERÓTICAS PODEM SER A PIMENTA QUE ESTÁ FALTANDO NO SEU RELACIONAMENTO SEXUAL

 FANTASIAS ERÓTICAS  PODEM SER A PIMENTA QUE ESTÁ FALTANDO NO SEU RELACIONAMENTO SEXUAL

Por Latyfa Guintter

Por mais sintonia que um casal tenha, depois de um tempo fazendo sexo com a mesma pessoa é normal que a relação caia na rotina. E, às vezes, isso pode se tornar um problema.

Quem gosta de sexo vê as fantasias eróticas com fascinação. Elas costumam ser imagens íntimas do que nos excita e que, na aparência, pulam o filtro do socialmente correto. A possibilidade de obter uma descrição de como os homens e as mulheres são no erotismo nos tornou objeto de estudo frequente dos especialistas.

Durante pesquisa para a elaboração de seu livro, “Tell Me What You Want”, o psicólogo Justin Lehmiller entrevistou 4.175 pessoas para entender quais eram as fantasias sexuais mais frequentes do imaginário humano. Apesar de o desejo ser influenciado por fatores culturais e emocionais, os resultados levaram o expert a concluir que ainda há muito estigma em relação a algumas práticas.

O livro tem o objetivo de ajudar as pessoas a sentirem menos vergonha, constrangimento e ansiedade em relação ao sexo, além de falarem mais sobre seus desejos com seus parceiros e até executar alguns deles — “os que forem seguros, legais e consensuais, claro”, explica o especialista.

Entre os casais que estão juntos há mais tempo, as atividades sexuais apontadas como as mais desejadas e carregadas de erotismo estão:

SEXO A TRÊS – 89% dos ouvidos admitiram fantasiar um famoso “ménage à trois”, sendo que aqueles que têm um parceiro afirmaram, na maioria, desejar que a experiência incluísse seu par afetivo. Ainda segundo Justin, homens héteros estavam mais dispostos a fazer sexo a três com duas mulheres, enquanto mulheres héteros se dividiram entre mais um homem e uma segunda mulher.

BDSM – 65% dos participantes da pesquisa gostariam de receber alguma dor durante o sexo, fosse através de palmadas, mordidas ou cera quente. A maioria fantasiou com, pelo menos, um ato de BDSM – Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo.

SAIR DA ROTINA – Seja trocar de posição, local da transa ou até de parceiro, a maioria dos ouvidos gostaria de tentar uma atividade sexual que nunca experimentou antes.

SEXO EM PÚBLICO – Transar em um local público, correndo o risco de ser pego por um estranho é uma das grandes fantasias dos entrevistados.

VOYEURISMO – Fazer sexo com outra pessoa com o consentimento do parceiro afetivo também é parte do top 5 dos entrevistados. 79% dos homens e 62% das mulheres já fantasiaram ter um relacionamento aberto, enquanto 58% admitiram já ter imaginado como seria assistir o próprio parceiro transando com outra pessoa.

SEXO “SIGNIFICATIVO” – A maioria dos homens e mulheres revelou que fantasiam uma experiência sexual fora do relacionamento que os façam sentir desejados e amados novamente. Sentir que são bons de cama e irresistíveis – é uma das ideias mais excitantes citadas pelos pesquisados.

EXPERIMENTAR COM UMA PESSOA DO MESMO SEXO
Apesar da maioria dos ouvidos ter se identificado como heterossexual, um grande número afirmou fantasiar uma transa com outra pessoa do mesmo sexo. 59% das mulheres héteros admitiram fantasias de sexo com outra mulher, enquanto 26% dos homens héteros afirmaram desejar experimentar o sexo com outros homens. Um a cada quatro homens também revelou que gostaria de transar com uma pessoa crossdresser, enquanto um a cada três disse já ter fantasiado uma experiência sexual com uma pessoa trans.

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.