Parque Ecológico ganha o nome do ex-prefeito Clain Ferrari

 Parque Ecológico ganha o nome do ex-prefeito Clain Ferrari

Parque foi idealizado durante sua administração, nos anos 90; vereadores aprovaram a denominação por unanimidade

A Câmara Municipal aprovou nesta segunda-feira (28), por unanimidade, projeto de lei que denomina o Parque Ecológico de “Prefeito Dr. Clain Ferrari”.
Clain Ferrari foi prefeito de Indaiatuba em dois mandatos e, em 1991, planejou e deu início à implantação do que é hoje o principal local de lazer, descanso e contemplação dos munícipes e um dos mais extensos parques do Brasil com seus 20 quilômetros de atrações diversas e belezas paisagísticas. O projeto foi idealizado pelo arquiteto Ruy Ohtake, que faleceu em novembro do ano passado. O ex-prefeito também exerceu o magistério e a advocacia.
Falecido no dia 31 de janeiro aos 84 anos, deixou a mulher Ana Maria, com quem foi casado por 60 anos, e os filhos Eliete, Ana Cristina, Augusto e Renata.
O presidente da Câmara Pepo Lepinsk afirmou que a família do ex-prefeito fora informada da homenagem logo após o falecimento. “Era a medida mais justa a ser tomada”.
O líder do governo Arthur Spíndola reforçou: “Foi uma decisão imediata e consensual de nosso grupo e do prefeito Nilson Gaspar de que esta era a homenagem mais acertada que poderíamos instituir ao grande cidadão e homem público, que deixou inúmeras marcas no município”.
Os vereadores lembraram outras obras importantes realizadas pelo ex-prefeito, como a construção do Cemitério Parque dos Indaiás, a Praça da Liberdade, o Ginásio Municipal de Esportes, o Centro Esportivo do Trabalhador, o Terminal Rodoviário Central, a Avenida Itororó e a Avenida Visconde de Indaiatuba.
Wilson Índio da Doze ressaltou a importância de Clain Ferrari para os moradores do Jardim Morada do Sol, o mais adensado de Indaiatuba, ao regularizar o empreendimento imobiliário. “Em nome dos moradores do nosso bairro, quero externar toda a gratidão ao ex-prefeito”.
Alexandre Peres lembrou que a implantação do Parque Ecológico “colocou Indaiatuba à frente do seu tempo e a homenagem é mais que merecida”.
Luiz Carlos Chiaparine destacou a visão de futuro de Clain Ferrari: “Foi um privilégio de nossa cidade ter tido um administrador tão visionário”.

RECONHECIMENTO
Ao final da sessão, o presidente Pepo Lepinsk anunciou a despedida do vereador Décio Rocha que, a partir de 1º de abril, comandará a Secretaria Municipal de Assistência Social. “O exercício da bondade, o mesmo que você pratica todos os dias na Igreja e na Câmara, tenho certeza de que também estará presente na Secretaria”.
Todos os demais 11 vereadores também elogiaram a atuação de Décio Rocha nestes quinze meses de mandato legislativo e desejaram a ele “boa sorte e êxito neste novo grande desafio que é chefiar uma pasta tão importante”, como observou o vereador Sérgio Teixeira. Silene Carvalini destacou: “Sei que você tem um coração enorme”. Leandro Pinto salientou: “Você é a cara da secretaria”. E Ana Maria dos Santos foi incisiva: “Que você realize um trabalho humanizado na Prefeitura e que Jesus seja o seu parceiro”.
A vaga de vereador voltará a ser ocupada pelo titular Hélio Ribeiro, que se encontrava licenciado do cargo desde janeiro de 2021.

OUTRAS MATÉRIAS
No decorrer da sessão – a 6ª ordinária do ano – foram aprovados 13 projetos de lei e apresentadas 79 proposições. Conheça algumas delas:

BURACOS
Alexandre Peres solicita reparos na alameda das Caviúnas, no Mosteiro de Itaici. Segundo ele, a manutenção é necessária porque a via, que não é asfaltada, apresenta buracos e poças de lama, o que amplia a ocorrência de acidentes envolvendo motoristas, ciclistas e pedestres.

RECAPEAMENTO
Sérgio Teixeira indicou o recapeamento da rua Primo José Mattioni, na Vila Brizola. “Em visita recente a moradores dessa rua, constatamos a necessidade do serviço”.

REPINTURA
Luiz Carlos Chiaparine pede a repintura da faixa de pedestres e reparos na rampa de acesso para cadeirante na Avenida Itororó, próximo ao cruzamento com a Presidente Vargas.

DOWN
Ana Maria dos Santos sugere que os hospitais públicos e privados sejam instados a realizar a comunicação imediata de nascimentos com crianças com síndrome de Down às instituições, entidades e associações do município especializadas em atendimento a pessoas com a síndrome. “A medida pretende impedir o diagnóstico tardio do bebê e facilitar as ações para o seu estímulo mais rápido e a abertura de mais oportunidades para o seu desenvolvimento futuro”, justifica.

TRÁFEGO
Décio Rocha defende a alteração no tráfego da rua Teruo Imanishi, no Jardim Califórnia, transformando-a de mão dupla para via de mão única. “Trata-se de uma rua de intenso movimento de veículo e pedestres. Em quase toda a sua extensão há atividades comerciais, escola, igreja e praça com área de lazer. Por isso nos horários de pico fica praticamente impraticável trafegar pelo local”, argumenta o vereador.

ESTACIONAMENTO
Leandro Pinto propõe a implantação de vagas de estacionamento no canteiro central entre as ruas Ademar de Moraes Secker e Porfírio Pimentel, na Cidade Nova II. “O local é de movimento intenso porque há nas proximidades uma escola e um buffet infantil, o que dificulta que se encontrem vagas para estacionar”, explica.

ATIVIDADES
Wilson Índio da Doze indica que sejam formalizadas parcerias entre as comunidades e as escolas municipais para que, sob os cuidados de algum responsável, os portões das escolas sejam abertos para a realização de eventos, palestras e outras atividades. “Para que exista uma verdadeira relação entre escola e comunidade, o espaço escolar pode ser um lugar de convivência do bairro”, comenta.

DIU
Othniel Harfuch sugere que o prefeito interceda junto ao laboratório Bayer no sentido de que seja ampliada a idade das mulheres para até 25 anos (atualmente o limite é até 19 anos) para que estejam habilitadas a receber a inserção do DIU Mirena no âmbito do Programa Municipal de Prevenção da Gravidez não Planejada. “É grande o percentual de partos em jovens com até 25 anos, e na grande maioria dos casos essas gestações não foram planejadas, o que acarreta problemas socioeconômicos para a família”, argumenta o parlamentar.

AUTISMO
Ricardo França propõe a adoção do método ABA – Análise Aplicada do Comportamento – para o tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). De acordo com o legislador, especialistas indicam esse método como sendo dos mais eficientes e avançados no tratamento da TEA, representando assim uma importante ferramenta para o desenvolvimento dos pacientes.

TRIBUTOS
O presidente Pepo Lepinsk, com o apoio dos vereadores Alexandre Peres, Arthur Spindola, Silene Carvalini, Leandro Pinto e Décio Rocha, apresentou indicação ao prefeito em que defende a criação do Programa de Incremento da Arrecadação Tributária, no âmbito da Secretaria Municipal da Fazenda. “Busca-se com a medida atender a necessidade de valorização e autonomia da área de fiscalização tributária do município, bem como recomendações do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, no sentido de dar cumprimento ao disposto no artigo 37 da Constituição Federal”.

MUDAS
Arthur Spíndola sugere a oferta de mudas de acerola no programa Click Árvore – programa que oferece gratuitamente mudas de plantas aos munícipes. “A acerola é um arbusto relativamente pequeno, cresce até 3 metros de altura, e é muito valorizado na culinária por conta do seu saboroso fruto, riquíssimo em vitamina C, que serve de base para sucos e receitas de famílias brasileiras”, informa.

CANAL DIRETO
Silene Carvalini propõe a abertura de um canal direto de atendimento para as pessoas surdas por meio do WhatsApp e do Telegram, em que possam enviar reclamações, sugestões ou dirimir dúvidas acerca dos serviços públicos. “Esse meio de comunicação – esclarece a parlamentar — não será utilizado para vídeos-chamada (que já acontece por meio da Central de Libras), mas sim para transmissão de mensagens de textos”.

Carlos Roberto

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.