Propaganda do Enem 2020 gera críticas: “A vida não pode parar”, diz MEC

 Propaganda do Enem 2020 gera críticas: “A vida não pode parar”, diz MEC

Vídeo sugere que todos os estudantes brasileiros têm acesso à educação à distância de qualidade e estimula candidatos a se inscreverem no exame

Em meio a rumores de que o Enem 2020 poderia ser adiado ou cancelado por causa da pandemia de coronavírus no Brasil, o MEC liberou nesta segunda-feira (4/5), uma propaganda incentivando os estudantes a fazerem suas inscrições no exame, que acontecem de 11 a 22 de maio.

“A vida não pode parar” é o lema do Ministério da Educação. O que era para ser uma publicidade esperançosa e positiva, incentivando os alunos a estudarem em casa e se prepararem para o futuro, se transformou em um alvo de críticas e chacota. “E se uma geração de novos profissionais fosse perdida?” é um dos primeiros questionamentos do vídeo.

Nas redes sociais, algumas pessoas já estão manifestando suas opiniões sobre o caso:

A propaganda do MEC sobre o ENEM é absurda e criminosa.

É inadmissível que o governo não adie o prazo da prova diante das inúmeras dificuldades que os estudantes de baixa renda vem enfrentando.

A propaganda do ENEM poderia terminar com um “vocês que lutem” de tão debochada.

— Erika Hilton (@ErikakHilton) May 4, 2020

a propaganda do mec insinuando que todo estudante tem acesso fácil a internet pra estudar em casa e q o enem nao precisa ser adiado por causa disso foi totalmente ridícula, só faltou dizer “vcs que lutem”

— Dináh (@dinahcomenta) May 4, 2020

Neste ano, o Enem chega com uma novidade, o Enem Digital, feito pelo computador em locais indicados pelo MEC. O Inep explica que a medida será aplicada em todos os estados do Brasil. “No primeiro edital, as provas seriam realizadas em apenas 15 estados. No mesmo dia da divulgação, o instituto resolveu ampliar a aplicação para atender estudantes de todo o país”, informa comunicado oficial. A inscrição para o Enem Digital é a mesma que para o presencial, e o candidato também precisa pagar a taxa de R$ 85.

Até o momento, o Enem 2020 segue marcado para os dias 22 e 29 de novembro. Confira abaixo a propaganda que gerou tanta polêmica:

Créditos: Capricho

Raphaela Vitiello

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.